A maior parte dos problemas das aves, que atendemos na clínica, está relacionada com a alimentação.
Doenças hepáticas e intoxicações por aflatoxinas são patologias freqüentes relacionadas a uma alimentação inadequada.
O uso costumeiro de sementes como principal alimento, principalmente as oleaginosas, girassol, painço e amendoim, causa uma diminuição da expectativa de vida destes animais.
Papagaios e araras, por exemplo, podem viver até 50 anos, mas, para que isso aconteça, devem se alimentar com uma grande variedade de alimentos como: verduras, legumes, sementes, frutas, e algum tipo de proteína. Sua dieta deve ser muito diversificada, aproximando-se ao máximo daquilo que é obtido na natureza.
Como é muito difícil obter a qualidade e o equilíbrio de nutrientes quando preparamos a alimentação em casa, surgiram rações específicas e balanceadas para cada tipo de espécie e fase de vida.
Apesar do custo ser maior, quando consideramos os benefícios de se oferecer uma dieta sem excessos nem falta de nutrientes, além da melhora da plumagem e saúde da ave, esta diferença de preço acaba desaparecendo.

Deixe uma resposta