vermifugação

Quando falamos de parasitas (vermes) nos cães, muitos de nós pensamos em pulgas, carrapatos e outros parasitas externos. No entanto, os cães também são suscetíveis a uma série de parasitas internos que vivem no sistema digestório e podem causar sérios problemas de saúde para o seu animal. Contra isso é essencial a vermifugação nos cães, ou seja, que tomem medicamentos para controlar vermes intestinais.

Como o seu cachorro pode ser infectado pelo verme?

  • Via oral: A infecção do verme no cão pode ocorrer via oral, quando o animal ingere ovos ou larvas do verme presentes no ambiente, no solo, na água, em lugares com muita umidade e principalmente nas fezes.
  • Via cutânea: Outro tipo de infecção é a cutânea, que é a penetração através da pele do animal onde ele não precisa necessariamente estar ferido para ocorrer. Os vermes penetram na pele do animal e causam a verminose.
  • Da mãe para o filhote: Outro tipo de infecção que não podemos deixar de falar é através da mãe para o filhote. Tanto pelo leite, como pela gestação.

Como saber se meu cachorro está com verme?

Para descobrir se o seu cão está com verme, basta notar alguns comportamentos anormais, como por exemplo, perda de apetite, fraqueza, perda de peso, sangue nas fezes (em qualquer quantidade) e barriga inchada.

Existem algumas espécies de vermes que são transmissíveis para o homem, como a giárdia, a ancilostomose é um tipo de verme presente nas fezes de cães e gatos e afeta os seres humanos que andam descalços. O verme penetra na pele, geralmente na zona dos pés, nádegas e costas, provocando a anemia.

O vermífugo previne ou trata o verme?

Terapeuticamente falando, eles vão tratar os vermes que já existem no seu cão. Nós não utilizamos a vermifugação como forma preventiva, recomendamos o controle de exames de fezes com intervalos regulares (de acordo com a rotina do animal), medicamos somente quando há necessidade e de acordo com o parasita identificado. O tratamento por conta pode dar a falsa ideia que o animal está curado.

A principal medida de prevenção dos vermes é o controle de higiene do ambiente. Por exemplo, a remoção das fezes, evitar que o animal faça suas necessidades em local fechado e que não bate sol, pois a umidade é um fator que proporciona a sobrevivência das larvas e ajuda os vermes a crescerem. Nos canis, é muito importante que haja higienização com água morna e que bata sol.

Qual o melhor vermífugo para cães?

Existem hoje vários tipos de vermífugos, mas eles não são todos iguais e você deve estar atento a isso!

O melhor vermífugo para o seu cachorro é aquele que consegue combater um maior número de tipos de vermes específico, pois existem os “chatos” (cestoides), redondos (nematoides) e ainda protozoários, como a giárdia.

Vale ressaltar a importância do Médico Veterinário na prescrição do melhor vermífugo para o seu cão. Cada caso é um caso, por isso nunca medique seu animal sem consultar o Médico Veterinário antes!

 

 

Deixe uma resposta